20 setembro 2017

Vento Solar de imenso buraco coronal atinge a Terra há 6 dias e outro fluxo chega dia 22 ou 23




Faz 5 dias que a Terra sofre com um fluxo de vento solar de um imenso buraco coronal, que chegou abruptamente em 14 de setembro, causando tempestades geomagnéticas e lindas auroras que foram fotografadas no Canadá no dia 17 de setembro por Yuichi Takasaka
"As luzes se moviam tão rapidamente, eu tive que usar uma velocidade de obturação muito rápida para registrar essas seqüências", diz ele. "Foi um exemplo maravilhoso de ruptura de auroras".

Um novo fluxo de vento solar vindo deste buraco coronal chega à Terra em 22 ou 23 de setembro.



E a mancha AR2681, que provavelmente é aquela antiga AR2673 responsável pela CME X9.3, X9.2 e X8 está voltando e ainda nervosa, mas com intensidade bem menores de explosões solares, com CMEs que variam entre B1 e B5. A previsão é de que está mancha fique de frente com a Terra entre 23 e 24 de setembro. 


Atividade Solar e terremotos? Está tudo interligado!
Para saber mais clique aqui e leia o post até o final.

Setembro de 2017 complicado! 





Ravena